Siga-nos
Segunda - Sexta (9.00am - 18.00pm)
Entre em contato: (71) 3190-2125

O que é EPS?

Se reconhece a sigla EPS internacionalmente como poliestireno expandido. Em termos populares, esse termo representa o isopor. Voltando à história, descobriremos que o EPS foi descoberto por dois cientistas (Fritz Stastny e Karl Bucholz) em 1949.

Quanto à composição do material, é de plástico rígido resultante da polimerização do estireno em água.

Por fim, o material forma-se por pérolas de até 3 mm (milímetros) – que se expandem de maneira natural. Essa expansão pode chegar a 50 vezes se comparada com o tamanho original.

Durante todo o processo, se utiliza o vapor. O resultado são pérolas compostas por 98% de ar e 2% de poliestireno.

Como se aplica o EPS na Construção Civil?

Devido a sua eficiência, flexibilidade e versatilidade, pode-se aplicar o EPS construção civil em várias áreas e destinado a inúmeros projetos arquitetônicos.

A seguir, apontamos algumas das possibilidades de uso desse material.



Paredes
blog

A utilização do EPS em paredes potencializa o isolamento acústico e térmico dos ambientes internos. Além de ajudar na redução dos gastos com a construção (cimento, ferro, madeira etc.).

Existem, pelo menos, duas aplicações possíveis do material em paredes:

As placas de EPS substituem os tradicionais tijolos;
Os blocos de EPS são encaixados para formar a parede.



Forros
blog

Uma aplicação bem comum do EPS é em forros. Por meio dessa utilização, a construção ganha beleza estética, conforto acústico, isolamento térmico e boa iluminação.

Ademais, o material impede a umidade e o consequente aparecimento do mofo. Sem falar que dificulta a propagação do fogo em casos de incêndio.



Revestimentos
blog
A capacidade do EPS em prevenir umidade e mofo, faz com que possa ser utilizado tanto em ambientes internos quanto externos; áreas úmidas ou secas.

Por isso, é indicado para substituir tradicionais materiais de revestimento, como: gesso, cerâmica, pedra, madeira ou cerâmica. O resultado do acabamento fica impecável.

Arquibancadas
blog
Devido à resistência e leveza do isopor, é possível utilizá-lo em arquibancadas de estádios ou ginásios de esportes. Por meio dessa aplicação, a estrutura fica mais leve e flexível.

Dessa forma, o movimento natural das arquibancadas (quando estão lotadas de pessoas) não danifica a estrutura. Isso confere maior segurança para a obra.

Elementos estruturais
blog
O EPS construção civil foi desenvolvido e é fabricado com as características técnicas e densidades ideais – conforme as especificidades e necessidades de um projeto construtivos.

Dessa forma, o material pode ser aplicado em elementos estruturais, como: colunas, pilares, balcões, fundação, alicerce e bancos.

Pontes e viadutos
blog
As grandes e intensas vibrações que impactam pontes e viadutos não são um problema para o poliestireno expandido.

Na verdade, o EPS é indicado para reduzir esses fortes impactos. Na prática, o material é utilizado em preenchimento de elementos estruturais, criação de aterros em solos moles, sustentação de encontros em pontes e viadutos.

Algo que gera durabilidade ao EPS quando aplicado nessas estruturas é a elevada resistência mecânica a deformação, cisalhamento e compressão. Sendo assim, a ponte ou viaduto se torna durável e segura.